Em Marília as escolas em tempo integral ainda não oferecem uma educação em tempo integral, afirma Alessandra Berriel.
Em Marília as escolas em tempo integral ainda não oferecem uma educação em tempo integral, afirma Alessandra Berriel.

Minha defesa das escolas com educação em tempo integral

Pra quem acompanha as minhas propostas, sabe que defendo a escola em período integral em Marília em harmonia com as Cooperativas das Mulheres (Coolheres). Hoje eu quero falar um pouco mais sobre a situação das escolas com educação em período integral em Marília.

Em 2013, a Prefeitura de Marília iniciou o projeto “Escola Total: Escolas com Educação em Tempo Integral”. O projeto consiste em instituir o ensino em tempo integral nas escolas municipais.

Até 2016, apenas quatro escolas fazem parte desse projeto: a EMEF Professora Nicácia Garcia Gil, a EMEF Professor Paulo Reglus Neves Freire, a EMEF Professor Célio Corradi e a EMEF Professora Cecília Alves Guelpa.

Porém, o que muitos não sabem é que o modelo de escola em tempo integral aplicado no município não funciona de forma adequada, pois não há investimentos em profissionais nem em estrutura para que se executem as atividades extracurriculares de esporte e cultura, além de contar com apenas 1200 vagas de um universo de cerca de 30 mil estudantes.

Mas o que acontece no insipiente período integral? Esses alunos cursando a escola em período integral atendem as aulas normalmente durante a manhã e de tarde eles “ficam lá”, como relatou uma professora pra mim. Pra dizer diferente, em Marília as escolas em tempo integral ainda não oferecem uma educação em tempo integral.

Assim, como vereadora, nossa defesa é por um projeto de escola em tempo integral onde os alunos da rede pública municipal tenham realmente acesso às atividades como teatro, dança, pintura, esportes, idiomas, etc.

Vou cobrar também que as escolas em tempo integral atendam à demanda de vagas do município. Por fim, nosso comprometimento será por cobrar a implementação ampla e criteriosa da escola em tempo integral, principalmente com investimento e valorização dos professores.